Queijos, Baguetes e Macaroons: Os Sabores de Paris

O SOS Viagem foi convidado a participar do tour Sabores de Paris pela capital francesa. Considerando que um dos grandes atrativos desse destino é justamente a culinária francesa, claro que não podíamos deixar essa oportunidade passar!

O tour começou na Igreja Saint German des Près. Lisa, a guia, chegou no horário marcado e fez questão de aprender os nomes de todos os participantes. Depois ela falou um pouco sobre a área e explicou como o tour iria funcionar. Apesar da igreja não fazer parte do roteiro, ela perguntou se alguém queria aproveitar para dar uma olhadinha lá dentro. Depois seguimos caminhando a pé.

Para começar, passamos na frente de vários ícones do bairro e da cultura e culinária local. Lisa mostrou alguns dos cafés mais famosos da cidade, como o Les Deux Magots (que foi frenquentado por Ernest Hemingway e Simone de Beauvoir), o Café de Flore (o favorito de Picasso) e a Brasserie Lipp (que fabrica a cerveja preferida de Proust).

Azeite de oliva, azeitonas e mais na segunda parada do tour

Azeite de oliva, azeitonas e mais!

Nossa primeira parada foi a padaria Eric Kayser. A guia explicou que o dono é um dos padeiros mais famosos da França e constantemente ganha prêmios pelos seus pães. Provamos três tipos diferentes de baguettes e levamos alguns pães para comer depois, na parada dos queijos e vinhos. Infelizmente, o pessoal de lá não deixa bater fotos.

No caminho para a segunda parada, passamos pelo Le Procope, que, segundo a guia, é o restaurante mais antigo de Paris. Dizem que o lugar era muito bem frequentado! Logo na entrada, tem uma pintura com vários nomes famosos que já passaram por lá, como o dramaturgo Moliére. Em outra parede, um chapéu que os garçons juram que pertenceu ao mais infame cliente do restaurante: Napoleão Bonaparte!

Macaroons!

Macaroons!

As próximas paradas foram numa ruazinha de pedestres extremamente simpática pertinho do metrô Odeon. As segunda parada foi numa loja especializada em produtos de Provence, especialmente azeite de oliva e azeitonas. Participamos de uma degustação que mostrou diferentes tipos de azeite. Foi bem interessante. Depois, entramos no vizinho, que é uma loja de chocolates simplesmente fantástica! Cada um provou dois chocolates e um macaron — cada um escolheu o seu sabor favorito. O chocolate é muito gostoso, mas o macaron foi a estrela da festa. Um dos melhores macarons de Paris com certeza!

O melhor sorvete de Paris!

O melhor sorvete de Paris!

Continuamos nossa caminhada por Saint German des Près. O dia estava muito, muito quente, então a guia sugeriu uma parada para tomar uma coisa gelada… Que tal o que é considerado o melhor sorvete da cidade? A loja principal fica por trás da Notre Dame, mas a Berthillon também tem um carrinho estrategicamente posicionado na badalação do Quartier Latin. Foi uma parada muito bem vinda para o grupo! A guia explicou que algumas paradas podem mudar, dependendo do clima e do dia… A parada do sorvete, por exemplo, não é comum, mas devido às altas temperaturas do dia, parecia apropriada. E realmente foi um sucesso!

De lá, seguimos para um mini-mercado, bem escondido, que só tem produtos especiais e bem gourmets, como azeites de pistache e nozes, e doce de leite afrancesado, com fleur de sal na receita.

Degustação de queijos

Degustação de queijos

E, finalmente, a última parada foi no Mercado de Saint Germain des Près. Andamos pelo mercado enquanto Lisa falava sobre vários dos produtos locais, especialmente queijos e carnes. Depois, sentamos em uma das lojas para provar queijos e beber vinho. Foram muuuuitos queijos: acho que provamos umas nove ou dez variedades. E, claro, tinha uma ordem certa para não bagunçar o paladar: o certo é começar pelo que tem o sabor mais fraco e terminar com o mais forte. E, sinceramente, é um mais gostoso do que o outro — e olha que eu nem gosto muito de queijo! E as baguetes que nós compramos na primeira parada voltam à cena, para os que não gostam de comer só queijo e para quem quer descançar um pouquinho o paladar. É uma ótima oportunidade para provar tantos tipos de queijo diferente de uma só vez, sem ter que comprar um queijo inteiro no mercado ou pagar um horror em um restaurante.

Enfim, o tour passa por vários pontos estratégicos da área de Saint Germain des Près, no Quartier Latin. Foi interessante não só provar essas delícias como conhecer mais alguns detalhes da região. Lisa foi extremamente cuidadosa com os participantes e os grupos geralmente são bem pequenos (nós éramos somente cinco). Nós recomendamos!

Continue organizando sua viagem:

- Encontre o hotel perfeito para a sua viagem
- Não corra riscos e contrate um seguro de viagem
- Ganhe tempo e garanta seu ingresso para algumas das atrações mais concorridas do seu destino
- Vai precisar de carro? Compare as empresas de aluguel de carro disponíveis no mercado

One Response

  1. Michelle 21/05/2018

Leave a Reply

África Américas Ásia Europa Oceania
3x4 Austrália.
3×4 Austrália: Dicas de quatro blogueiros de viagem
Casa de Jorge Luís Borges.
Casa de Jorge Luís Borges: em busca do Aleph
Olinda, Pernambuco.
Olinda (PE): Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar!
Guia de Paris: 10x10 Paris
Guia de Paris: 10×10 Paris
Guias de Viagem
Guias de viagem para inspirar e organizar sua próxima aventura
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Berlim
Mini Guia: Berlim
Compartilhar
Twittar
Pin
+1
WhatsApp
Email