Wayna Picchu X Machu Picchu: Qual montanha escalar? E que ingresso eu preciso?

Quem visita Machu Picchu tem que tomar uma decisão na hora de comprar o ingresso, antes mesmo de chegar na Cidade Sagrada dos Incas. E a pergunta da vez é: você quer escalar alguma das montanhas do complexo Machu Picchu? É possível escalar Wayna Picchu ou a Montanha de Machu Picchu.

Montanha de Machu Picchu X Wayna Picchu

Montanha de Machu Picchu X Wayna Picchu

E por que é necessário tomar esta decisão tão cedo? Porque isso vai definir que tipo de ingresso você precisa. Sem contar que o acesso às montanhas é limitado, e se você realmente quiser escalar uma delas (especialmente Wayna Picchu) vai precisar providenciar seu ingresso com antecedência. Bem, existem três tipos de entrada.

Opcão 1: Só a entrada em Machu Picchu. Nessa opção, você pode explorar todas as ruínas por um dia inteiro. Pode entrar e sair à vontade, pode caminhar para onde quiser, incluindo a Porta do Sol e a Ponte Inca, só não pode subir em nenhuma montanha.

Opção 2: Entrada em Machu Picchu + Wayna Picchu. Wayna Picchu é a montanha que aparece atrás da cidade em todos os cartões postais de Machu Picchu. Essa entrada inclui algumas ruínas extras e um templo que as pessoas com outros tipos de ingresso não tem acesso. A escalada não é exatamente fácil, mas dá para ir naquele rítmo “devagar e sempre” até chegar lá em cima. A subida leva uma média entre 40 minutos e uma hora.

Opção 3: Entrada em Machu Picchu + Montanha de Machu Picchu. Essa montanha fica do mesmo lado que a entrada do parque, o que significa que você teria a visão “frontal” das ruínas, mais parecida com o “cartão postal oficial”, já que inclui Wayna Picchu ao fundo. A subida geralmente leva mais que uma hora e meia.

Machu Picchu (com Wayna Picchu ao fundo)

Machu Picchu (com Wayna Picchu ao fundo)

É bom lembrar que, caso você escolha uma das montanhas, você vai ter um horário para começar sua escalada, então fique de olho no relógio! Se passar da hora, você perde sua entrada!

Então, finalmente, qual montanha eu devo escalar? Ora, isso depende do seu objetivo e da sua preparação física!

A Montanha de Machu Picchu, sinceramente, só é indicada se você está com sua malhação em dia. Imagine só: uma hora e meia (ou mais!) subindo escadas. Dá para encarar? Se você aguentar, de recompensa ganha uma visão panorâmica do cartão postal de Machu Picchu.

Já a escalada de Wayna Picchu é um pouquinho mais fácil, e também tem outros atrativos, como um templo a mais, mas também é bem mais popular, o que se transforma em dificuldade de conseguir entrada para o dia que você precisa, além de estar sempre lotada de turistas… sem contar que a vista lá de cima não é exatamente o maior cartão postal de Machu Picchu. Porém, a maioria dos visitantes trata essa subida não como “a busca da foto perfeita”, mas mais como uma experiência para entender melhor a Cidade Sagrada dos Incas.

Machu Picchu

Machu Picchu

Mas, tipo assim, é preciso escalar uma montanha para ter a “experiência completa” de Machu Picchu? A resposta é: NÃO. As escaladas são apenas para melhorar sua visita! Mas o “cartão postal oficial” que nós tanto falamos, aquela foto clássica, é bem na entrada das ruínas. Você não precisa subir em nenhuma montanha para tirar essa foto!

E no final, o eu devo fazer? Ah, queridos leitores… o final, vocês decidem!

Você já foi a Machu Picchu? Optou por escalar uma das montanhas? Conta pra gente! Se ainda está programando sua viagem, que tal dar uma olhada nos nossos artigos sobre a região? Temos 10 dicas para sua viagem a Machu Picchu, Cuzco e Vale Sagrado, além de um roteiro de 3 dias entre Machu Picchu, Cuzco e Vale Sagrado. E não se esquece de tomar cuidado com o Mal de Altura!

Continue organizando sua viagem:

- Encontre o hotel perfeito para a sua viagem
- Não corra riscos e contrate um seguro de viagem
- Ganhe tempo e garanta seu ingresso para algumas das atrações mais concorridas do seu destino
- Vai precisar de carro? Compare as empresas de aluguel de carro disponíveis no mercado

68 Comments

  1. Aneliese 23/08/2018
    • Louise 15/10/2018
  2. Renato Schechter 13/08/2018
  3. Marcos Barbosa 04/08/2017
    • Louise 04/08/2017
      • Pedro 08/03/2018
        • Louise 09/03/2018
  4. Wal Motta 29/08/2016
    • SOSViagem 29/06/2017
  5. Jose 20/08/2016
  6. Igor 30/07/2016
    • SOSViagem 01/08/2016
  7. Ana Carolina 10/07/2016
    • SOSViagem 11/07/2016
  8. Fernanda 11/05/2016
  9. Rubiana 23/03/2016
    • SOSViagem 24/03/2016
    • Fernanda 11/05/2016
  10. Laura Macedo 04/03/2016
  11. Marcelo 09/02/2016
    • SOSViagem 21/02/2016
  12. Felipe 02/02/2016
    • SOSViagem 03/02/2016
      • Felipe 04/02/2016
  13. Guilherme 18/01/2016
    • SOSViagem 19/01/2016
      • Guilherme 26/01/2016
  14. Guilherme 19/10/2015
    • SOSViagem 19/10/2015
  15. Bárbara Pfeifer 18/09/2015
    • SOSViagem 22/09/2015
  16. Hiromi Iwamoto 01/08/2015
    • SOSViagem 02/08/2015
  17. Glauco 22/07/2015
    • SOSViagem 22/07/2015
  18. Lilian Iaki 02/07/2015
    • SOSViagem 06/07/2015
  19. Ana Flávia Ramos 01/07/2015
    • SOSViagem 06/07/2015
  20. ximena 30/06/2015
    • SOSViagem 06/07/2015
  21. Thamiris Daniel dos Santos 10/06/2015
    • SOSViagem 24/06/2015
  22. Rogerio Yamamoto 10/06/2015
  23. Elizabeth Santos 30/03/2015
  24. Carolina Carvalho 01/03/2015
    • SOSViagem 01/05/2015
  25. Camilla 10/02/2015
  26. Diego Fachel 08/01/2015
    • SOSViagem 01/05/2015
  27. daniel 04/01/2015
  28. Daiane 07/08/2014
    • SOSViagem 11/08/2014
    • Anselmo 25/09/2014
  29. Denis Goulart 08/06/2014
    • SOSViagem 13/06/2014
  30. DAIANE 03/06/2014
    • SOSViagem 13/06/2014
  31. Cammilla Horta 20/01/2014
  32. Augusto Valadares 14/12/2013
    • SOSViagem 17/12/2013
  33. Humberto 04/12/2013
    • SOSViagem 04/12/2013
  34. Fábio William Arns Peruch 07/10/2013
    • SOSViagem 07/10/2013

Leave a Reply

África Américas Ásia Europa Oceania
3x4 Austrália.
3×4 Austrália: Dicas de quatro blogueiros de viagem
Casa de Jorge Luís Borges.
Casa de Jorge Luís Borges: em busca do Aleph
Olinda, Pernambuco.
Olinda (PE): Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar!
Guia de Paris: 10x10 Paris
Guia de Paris: 10×10 Paris
Guias de Viagem
Guias de viagem para inspirar e organizar sua próxima aventura
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Berlim
Mini Guia: Berlim
Compartilhar
Twittar
Pin
+1
WhatsApp
Email