Planejando uma viagem para Buenos Aires [publieditoral]

Em Dezembro, a editora-chefe do SOSViagem vai passar o Natal em Buenos Aires com a família. Como ela é a especialista em viagens do grupo, acabou sendo a responsável por organizar a programação de um grupo bem eclético. Aqui ela nos conta como vai o planejamento da viagem…

Organizar o roteiro de uma viagem não é um trabalho muito simples. É necessário pensar nas características do grupo, o que cada um quer ver e tentar conciliar as preferências em um roteiro que agrade a todos. Mas o que fazer quando o grupo é bem eclético?

Esse ano, minha família resolveu que quer passar o Natal em Buenos Aires. É um grupo de seis pessoas, com idades e interesses bem diferentes. Para tentar entender o que o grupo quer, pedi que cada um me dissesse o que pretende ver na capital da Argentina.

Minha mãe adora museus e disse que não vai deixar de conhecer o Museu Nacional de Bellas Artes, que tem obras de artistas argentinos ilustres, como Edwardo Sívori e Xul Solar, além de acervo internacional com Renoir, Gougan, Picasso, Cezanne, Monet.

Minha tia está muito interessada em assistir um show de Tango, a dança mais característica do país. Ela quer ver pelo menos duas apresentações.

Meu tio tem dois pedidos: ele quer visitar o estádio do Boca Junior, La Bombonera, e também algum vinhedo local.

Meu irmão disse que vive ouvindo falar dos sorvetes argentinos e quer provar todos: Freddo, Dylan, Cadore, Persicco, Altra Volta, Via Flamínia… Ainda bem que vamos no verão!

Minha avó quer visitar San Telmo, pois uma amiga lhe contou que é um bairro charmoso, com ruas estreitas de paralelepípedo e construções coloniais ocupadas por artistas e boêmios, além de ter a Iglezia Nuestra Senhora de Belém, o Mercado San Telmo e, aos domingos, a Plaza Dorrego é ocupada por uma simpática feira de antiguidades. Ela também pede para lembrar que ela tem 85 anos e não aguenta dias muitos puxados, então é preciso planejar o roteiro lembrando das limitações dela.

E eu? Bem, eu não conheço Buenos Aires muito bem, e fiquei com algumas dificuldades para encaixar todos os pedidos e ainda outras atrações essenciais da cidade.

Para resolver o problema de uma forma simples e fácil, o grupo irá testar os serviços de transfer da empresa Leva Eu Transfers e também um roteiro personalizado feito pela Buenos Aires Para Brasileiros. Na volta, contaremos para vocês, nossos leitores, o que achamos dos serviços. Combinado?

Mas, queridos leitores, passamos a bola para vocês. Alguma sugestão para o nosso roteiro? O que não podemos deixar de ver?

Esse post foi patrocinado pela Leva Eu Transfers Personalisados e Buenos Aires Para Brasileiros. A foto foi cedida pela Lia Barros, do site Buenos Aires Para Brasileiros.

Continue organizando sua viagem:

- Encontre o hotel perfeito para a sua viagem
- Não corra riscos e contrate um seguro de viagem
- Ganhe tempo e garanta seu ingresso para algumas das atrações mais concorridas do seu destino
- Vai precisar de carro? Compare as empresas de aluguel de carro disponíveis no mercado

One Response

  1. Mariano 02/11/2013

Leave a Reply

África Américas Ásia Europa Oceania
3x4 Austrália.
3×4 Austrália: Dicas de quatro blogueiros de viagem
Casa de Jorge Luís Borges.
Casa de Jorge Luís Borges: em busca do Aleph
Olinda, Pernambuco.
Olinda (PE): Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar!
Guia de Paris: 10x10 Paris
Guia de Paris: 10×10 Paris
Guias de Viagem
Guias de viagem para inspirar e organizar sua próxima aventura
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Berlim
Mini Guia: Berlim
Compartilhar
Twittar
Pin
+1
WhatsApp
Email