Mal de altura ou soroche: Estratégia para vencer os desafios das cidades milhares de metros acima do nível do mar.

La Paz, Cuzco, Machu Picchu… Algumas das cidades mais altas do mundo são extramemente atraentes, mas visitar um local que está bem acima do nível do mar é sempre um programa difícil, principalmente se a estadia é curta. Algumas pessoas ficam muito doentes por três ou quatro dias, outras só sofrem uma leve dor de cabeça. É o famoso mal da altura, ou soroche.

Os sintomas mais comuns são dor de cabeça, nauseas e vômitos e tontura e, segundo os médicos consultados, a grande maioria dos visitantes que vem direto do nível do mar sentem pelo menos um dos sintomas mais comuns, geralmente de forma leve. O mal da altura normalmente desaparece sozinho, levando de 4 horas a 24 horas.

Mas como prevenir esse problema?

Não existe uma solução comprovada. É meio aquela história de cada caso é um caso. Mas, depois de enfrentar o problema nós mesmos e também conversar com vários viajantes que visitaram uma dessas cidades nos últimos meses, a melhor dica que podemos dar é: planeje muito bem sua chegada.

Mate de coca

Mate de coca

A melhor estratégia parece ser chegar à tarde. Você provavelmente vai sentir pelo menos uma dor de cabeça assim que chegar. Vá direto para seu hotel. Não faça muito esforço: ou seja, nem pense em já começar a subir ladeiras nem nada do gênero. Faça um jantar leve e cedo, e tenha uma boa noite de sono, dormindo pelo menos oito horas.

A maioria dos viajantes que seguem essas recomendações acordam se sentindo bem melhores no dia seguinte, prontos para explorar a cidade! Mas, mesmo com essa sensação de “está tudo bem”, ainda é preciso tomar alguns cuidados.

  1. Tome muita água. É aconselhável mais de 3 litros diários.
  2. Atividades físicas demais estão proibidas. Claro que você vai andar na rua e tudo o mais, mas nada de prática de esportes.
  3. Álcool e cigarro também são desaconselhados.
  4. Nada de remédio para dormir! Eles diminuem a frequência respiratória, o que pode ser um desastre nessas condições.

E remédio? Tem alguma coisa que ajude? Bem, não queremos receitar nada, afinal isso aqui não é um blog de médico. Mas, de forma geral, se a dor de cabeça estiver muito forte, é recomendável tomar o remédio que você tomaria em casa (paracetamol ou ibuprofeno). Se seu problema for nauseas ou vômitos, dá para usar plasil ou motillium, mas dramin não é recomendado. Os peruanos gostam de dizer para os visitantes tomarem mate de coca, uma das bebidas preferidas da população local, e dizem que funciona principalmente quando os efeitos são poucos. Se a situação for um pouco pior, a indicação local são as “soroche pills”, que podem ser achadas em qualquer farmácia. Também existem alguns medicamentos que podem ser usados previamente, para minimizar ou evitar os sintomas do Soroche. Mas, nesse caso, é necessário consultar seu médico.

O Soroche pode ser uma preocupação a mais em viagens para destinos como Peru e Bolívia. Para evitar também outras preocupações, que tal dar uma lida nas nossas dicas sobre La Paz, Cuzco e Machu Picchu?

[Foto: Aniko]

Continue organizando sua viagem:

- Encontre o hotel perfeito para a sua viagem
- Não corra riscos e contrate um seguro de viagem
- Ganhe tempo e garanta seu ingresso para algumas das atrações mais concorridas do seu destino
- Vai precisar de carro? Compare as empresas de aluguel de carro disponíveis no mercado

11 Comments

  1. Renata 04/10/2014
    • SOSViagem 07/10/2014
  2. Lily Pestana 05/08/2014
  3. dinaldo coelho 05/10/2013
    • SOSViagem 10/10/2013
  4. Ivan_Sinigaglia 23/09/2013
    • SOSViagem 25/09/2013
      • Marcio 05/01/2014
  5. Renato 18/09/2013
    • SOSViagem 19/09/2013

Leave a Reply

África Américas Ásia Europa Oceania
3x4 Austrália.
3×4 Austrália: Dicas de quatro blogueiros de viagem
Casa de Jorge Luís Borges.
Casa de Jorge Luís Borges: em busca do Aleph
Olinda, Pernambuco.
Olinda (PE): Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar!
Guia de Paris: 10x10 Paris
Guia de Paris: 10×10 Paris
Guias de Viagem
Guias de viagem para inspirar e organizar sua próxima aventura
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Berlim
Mini Guia: Berlim
93 Compart.
Compartilhar92
Twittar
Pin
+11
WhatsApp
Email