A porta de entrada da Europa: um fim de semana em Lisboa (Portugal)

Portugal é tradicionalmente a primeira parada para brasileiros que vão a Europa. E Lisboa acaba sendo a primeira cidade européia da a grande maioria. Sendo assim, o SOSViagem já estava em falta com a nossa porta de entrada não-oficial, não é mesmo? Um fim de semana em Lisboa não é completo sem bacalhau, pastel de belém e fado! Mas fora isso, o que mais fazer?

Mosteiro dos Jerônimos

Mosteiro dos Jerônimos

Sábado

Começamos o passeio sem enrolação e vamos direto para Belém. Essa região é famosa pelos pasteizinhos, é claro, mas também por alguns dos pontos mais turísticos de Lisboa. Nós sugerimos começar pelos museus e recomendamos dois: O Mosteiro dos Jerônimos e o Museu dos Coches. O Mosteiro é parada obrigatória para qualquer turista e é impressionante já de fora. Dentro, além do museu, tem a catedral. E para completar, algumas figuras históricas foram enterradas por lá, como Vasco da Gama e Luís de Camões! Já o Museu dos Coches é uma forma bem humorada de ver a evolução das carruagens, das mais simples às mais requintadas. O grupo que fez a visita com a gente gostou mesmo das peças que incluem seu próprio banheiro, se é que dá para chamar assim!

Entre os dois museus fica a Antiga Confeitaria de Belém, dona dos pastéis de belém mais cobiçados do mundo! A fila geralmente é bem grande, mas o serviço é rápido, então se você quiser provar a iguaria do jeitinho que mandam, não pode deixar passar.

Padrão dos Descobrimentos

Padrão dos Descobrimentos

Do outro lado da avenida, na beira da praia, estão outros dois monumentos imperdíveis. O primeiro é o Padrão dos Descobrimentos, que é uma grande escultura bem trabalhada. Ao redor do monumento, no chão, tem mapas e uma grande rosa-dos-ventos. Ali pertinho fica a próxima parada, a famosa Torre de Belém, que era um forte contruído para proteger a cidade.

Depois, pegue um transporte para o Castelo de São Jorge, que talvez seja o ponto turístico mais visitado de Lisboa, além de ter uma vista privilegiada da cidade.

Aproveite o que sobrar do dia para se perder pelas ruazinhas estreitas do Bairro Alto. À noite, uma boa pedida é achar um restaurante português com um bom bacalhau e um show de fado, é claro! Mas não se esqueça de dar uma pesquisadinha de preço, pois muitos são daqueles típicos para turistas e cobram preços acima da média.

[Continue acompanhando esse roteiro: Sábado | Domingo]

Continue organizando sua viagem:

- Encontre o hotel perfeito para a sua viagem
- Não corra riscos e contrate um seguro de viagem
- Ganhe tempo e garanta seu ingresso para algumas das atrações mais concorridas do seu destino
- Vai precisar de carro? Compare as empresas de aluguel de carro disponíveis no mercado

Leave a Reply

África Américas Ásia Europa Oceania
3x4 Austrália.
3×4 Austrália: Dicas de quatro blogueiros de viagem
Casa de Jorge Luís Borges.
Casa de Jorge Luís Borges: em busca do Aleph
Olinda, Pernambuco.
Olinda (PE): Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar!
Guia de Paris: 10x10 Paris
Guia de Paris: 10×10 Paris
Guias de Viagem
Guias de viagem para inspirar e organizar sua próxima aventura
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Berlim
Mini Guia: Berlim
Compartilhar
Twittar
Pin
+1
WhatsApp
Email