Cruzeiro no Canal do Panamá: Costa Rica e uma aula de biodiversidade

Eu sempre soube que a Amazônia reunia a maior quantidade de espécies animais e vegetais do mundo. Por isso, me surpreendi quando cheguei a Puntarenas, Costa Rica, e me ofereceram uma excursão para apreciar a maior biodiversidade do planeta, na reserva natural de Monteverde. Claro que nos inscrevemos imediatamente, prontos para defender nossa pátria.
Sob a orientação de um guia brincalhão e bilíngue (inglês/espanhol) fizemos um percurso de ônibus de uma praia quente a uma floresta úmida e fria, vigiados de perto por um vulcão, complementada por um passeio de teleférico na altura da copa de árvores enormes, apreciando uma flora e uma fauna realmente notáveis. Também ficamos encantados com uma consciência ecológica que parece ser cultivada coletivamente!

Durante todo o dia a discussão permaneceu quente, cada lado (ele e nós) defendendo seu ponto de vista, sob olhares atentos e comentários divertidos de norte-americanos e australianos. Um alemão (não por acaso biólogo), que acompanhou todos os argumentos com toda atenção, arriscou-se num veredito final e, permanecendo amigos de todos, apresentou uma versão conciliadora dos fatos: ambos tínhamos razão…

Vou tentar resumir.

Em uma área gigantesca (1,5 milhões de km²) e na maior bacia hidrográfica do mundo, a Amazônia tem um número incrível de espécies, muitas não catalogadas, formando um bioma específico. Estima-se que abrigue cerca de metade da biodiversidade do planeta. Por sua vez, a Costa Rica é uma faixa de terra pequena (50mil km2) que liga dois continentes e apresenta muitos biomas: praias (em dois oceanos), mangue, floresta, vulcões, montanha de grande altitude. Isso faz com que ali convivam muitas espécies, o que representa 4,5% da biodiversidade mundial. Eis, então, o dilema, e também a solução: são duas situações excepcionais, um país vence em quantidade absoluta e o outro em termos relativos. Logo, não dá para compará-los. Simples (e germanicamente) assim!

Explicações à parte, uma coisa é indubitável: a experiência foi maravilhosa e nos divertimos muito. Além disso, aprendemos uma lição importantíssima: o modo como aquele país cuida da sua natureza e está trabalhando para manter sua biodiversidade e buscar alternativas sustentáveis para conviver com ela. Uma grande aula, em muitos sentidos!

Continue organizando sua viagem:

- Encontre o hotel perfeito para a sua viagem
- Não corra riscos e contrate um seguro de viagem
- Ganhe tempo e garanta seu ingresso para algumas das atrações mais concorridas do seu destino
- Vai precisar de carro? Compare as empresas de aluguel de carro disponíveis no mercado

Leave a Reply

África Américas Ásia Europa Oceania
3x4 Austrália.
3×4 Austrália: Dicas de quatro blogueiros de viagem
Casa de Jorge Luís Borges.
Casa de Jorge Luís Borges: em busca do Aleph
Olinda, Pernambuco.
Olinda (PE): Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar!
Guia de Paris: 10x10 Paris
Guia de Paris: 10×10 Paris
Guias de Viagem
Guias de viagem para inspirar e organizar sua próxima aventura
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Berlim
Mini Guia: Berlim
Compartilhar
Twittar
Pin
+1
WhatsApp
Email