Um fim de semana em Cingapura

Como a cidade é bem compacta, dá para visitar os maiores pontos turísticos em um fim de semana com a ajuda do nosso roteiro de Cingapura. Para ver o melhor de Cingapura em apenas dois dias, use e abuse do metrô, que é super rápido e chega bem perto da maioria dos pontos turísticos. E antes de começar seu passeio, também não se esqueça das nossas 5 dicas essenciais de Cingapura.

Fim de Semana em Cingapura

O que fazer em um fim de semana em Cingapura

Sábado

Cingapura é uma cidade multicultural, então comece o seu dia explorando o bairro indiano Little India. Ande pelas ruelas, olhe o mercado de rua, se perca e se encontre. Não perca os templos indus que você achar pelo caminho.

O dia continua no Museu Peranakan, que explica a história dos poucos residentes que não são imigrantes.

Depois, visite o maior marco da cidade, o Merlion. Um animal com cabeça de leão e corpo de peixe é um dos maiores ícones do local. Ele fica na área do Marina Bay Sands. Faça o contorno no porto em direção ao Museu de Ciências, um prédio super chamativo que sempre traz exposições novas e interessantes. Durante nossa visita à cidade, a exposição temporária era de esculturas feitas com lego.

Ainda na região do Marina Bay Sands, é hora de ver a cidade de cima. Há duas opções: a roda gigante (o trajeto dura meia hora) ou a vista panorâmica do hotel (o que tem um navio em cima). Na verdade, as vistas são bem similares, então escolha uma e aproveite. Dica do SOSViagem: Se você disser que quer tomar um drink no bar do hotel, a entrada é de graça.

Roteiro para um fim de semana em Cingapura

Roteiro para um fim de semana em Cingapura

Domingo

Pechinche nos souvenirs da Chinatown, mas não esqueça de visitar o templo chinês! É possível subir até um jardim aberto no quarto andar (mas não tem vista), além de haver um museu no terceiro andar.

Depois das barganhas de Chinatown, siga para a Orchid Road. Avenida oficial das compras da cidade, é shopping depois de shopping, muitas vezes com ligações subterrâneas — é difícil ver gente na rua mesmo.

Se comprar não for sua praia, visite o Museu da Civilização Asiática para aprender um pouco mais sobre as diferentes culturas e influências da região.

No final da tarde, a pedida é o complexo de Clarke Quay, na beira do rio. Além dos restaurantes e lojas coloridos, também tem um grande brinquedo de alta adrenalina para adultos.

Para os que ainda tiverem pique e gostarem de animais selvagens, a cidade oferece um safari noturno muito bom.

Continue organizando sua viagem:

- Encontre o hotel perfeito para a sua viagem
- Não corra riscos e contrate um seguro de viagem
- Ganhe tempo e garanta seu ingresso para algumas das atrações mais concorridas do seu destino
- Vai precisar de carro? Compare as empresas de aluguel de carro disponíveis no mercado

No Responses

Leave a Reply

África Américas Ásia Europa Noruega Oceania
Viajar sozinho também pode ser inesquecível.
Viajar sozinho: inspiração para encarar essa aventura!
Boekhandel Selexyz Dominicanen, Maastricht, Holanda.
As 10 livrarias mais bonitas do mundo
Doces franceses que você precisa provar
Hora do doce: cinco doces franceses que você precisa provar
Como arrumar sua mala
Como planejar uma viagem: arrumando as malas
dinheiro
Como planejar uma viagem: como levar dinheiro
Como planejar uma viagem: fechando o roteiro
Hotel
Como planejar uma viagem: hospedagem
Guia de Paris: 10x10 Paris
Guia de Paris: 10×10 Paris
Guias de Viagem
Guias de viagem para inspirar e organizar sua próxima aventura
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Roma
Mini Guia: Berlim
Mini Guia: Berlim
Compartilhar
Twittar
Pin
+1
WhatsApp
Email